Olá,

Navegue no nosso blog e encontre o lugar certo, para curtir o que de melhor poderemos lhe oferecer na Chapada Diamantina, em Mucugê-Bahia-Brasil.

Onde?
No Refúgio na Serra...

Seja bem vindo!


UM POUCO DE HISTÓRIA

REFÚGIO NA SERRA


Lugar muito especial que surgiu na busca pela paz!



O seu proprietário, José Ruben de Macêdo Almeida, o conhecido Zé Pelo Mundo, viveu em várias partes do mundo, em grandes cidades, ao completar 50 anos de idade, optou por morar em Mucugê, cidade serrana (a 1000 m), com clima médio anual de 19 graus e temperatura mínima no inverno de 8 graus, localizada na Chapada Diamantina - Bahia - Brasil, atraído pela beleza e energia das montanhas e cachoeiras aqui existentes.

Adquiriu um terreno, verdadeiro pomar: mangueiras, laranjeiras, tangerineiras, pessegueiros, nêsperas, macieiras, cafeeiros, limoeiros, bananeiras, uma jaqueira centenária e uma casa em
ruínas, no centro Histórico de Mucugê, tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional-IPHAN.

Com muito cuidado, dedicação, carinho e sem pressa, Zé reformou a casa existente, decidindo dividir com o mundo os tesouros encontrados naquele lugar encantado, iniciando, em 2009 a construção de uma pequena Pousada, que leva o mesmo nome da sua casa, REFÚGIO NA SERRA, onde a hospedagem gostosa é garantida!

A Pousada tem cinco cabanas externas - duas triplas, uma dupla, uma quíntupla, uma suíte solteirão e dois quartos internos com wc comum, sendo um triplo e um duplo, totalizando dezenove pax confortáveis.

A forma e os detalhes como foi construída, fez surgir um verdadeiro oásis sensualista, todo inspirado para fazer parte das mais inesquecíveis memórias de todo hóspede que ali passar e cada detalhe será surpreendente!

CONHEÇA VIRTUALMENTE O REFÚGIO NA SERRA!

MELHOR LOCALIZAÇÃO PARA SE HOSPEDAR NA CHAPADA DIAMANTINA !

MELHOR LOCALIZAÇÃO PARA SE HOSPEDAR NA CHAPADA DIAMANTINA !

MUCUGÊ * CORAÇÃO DO PARQUE NACIONAL

A cidade tem clima de montanha, fica localizada bem ao centro do Parque Nacional da Chapada Diamantina, propiciando aos visitantes com pouco deslocamento visitar os principais atrativos , além do que, é tombada pelo IPHAN, com excelente infra estrutura de Bancos, Farmácias, Mercados, Pousadas, Hotéis, Restaurantes, Pizzarias, Lanchonetes e Cafés !

Distância principais passeios/trilhas:

# 47 KM para o Poço Azul e Poço Encantado
# 21 KM para Iguatu.
# 08 KM para Projeto SEMPRE VIVA, Cachoeira Piabinha e Tiburtino.
# 110 KM Cachoeira Buracão.
# 12 KM Cachoeira Três Barras e Cristais.
# 45 KM Mirante Paty.
# 50 KM Cachoeira da Fumacinha.
# 05 KM Cachoeira da Sibéria

SOBRE A CIDADE...

SOBRE A CIDADE...
ORIGEM MUCUGÊ

Mucugê é o que podemos chamar de uma cidade privilegiada pela natureza. Situada a 1000 metros de altura do nível do mar, na Chapada Diamantina, é rodeada por serras, grutas, rios e cachoeiras que podem servir para a prática de canoagem e outras modalidades de esportes radicais.

Além da natureza, a cidade guarda um pouco da história, sempre tendo como pano de fundo o garimpo.

A região de Mucugê, que desde o início do século XIX era parcialmente ocupada por fazendeiros que mantinham criação de gado, foi a primeira a atrair os exploradores ávidos por novas jazidas de pedras preciosas. Diz a história oficial que o primeiro diamante da região foi encontrado em 25 de junho de 1844 por Cristiano Pereira do Nascimento, afilhado de José Pereira do Padro, ou "Cazuza do Prado", um grande coronel da região.

A pedra teria sido acidentalmente achada no leito do riacho das Cumbucas enquanto Cristiano lavava as mãos.

CANTOS, RECANTOS E ENCANTOS DO REFÚGIO NA SERRA...

Curta e Viaje nos detalhes do Refúgio na Serra: Canto de Meditação, Salão de Diversão Multiuso, Gruta de São José, placas com frases para reflexão, o Desabrochar de uma Rosa, e outras coisitas maisssss...


Canto de Meditação

Canto  de  Meditação
...frente à uma grande ROCHA...

Espaço de Diversão Multiuso

Espaço de Diversão Multiuso
...jogos, TV e Lojinha...

Gruta de São José...

Gruta de São José...
...trazendo PAZ e HARMONIA !

Plaquinhas reflexivas...

Plaquinhas reflexivas...
"A Alegria não está nas coisas, está em nós!"

Buda

Buda
...em meio ao jardim...

Mulheres de Cerâmica...

Mulheres de Cerâmica...
em meio às plantas!

VEJA NOSSOS PACOTES ROLANDO A TELA A DIREITA

PASSEIOS E TRILHAS REALIZADAS PELO CHAPADA VIVA ADVENTURE

1)Trilha do Garimpo

Trilha por onde os antigos garimpeiros fizeram a sua história, uns em busca da sobrevivência, outros em busca do sonho do enriquecimento fácil, um dos garimpos mais ricos da Chapada. Nesta trilha, é possível encontrar: pequenas barragens ou tanques, corredeiras de captação de água para lavar o cascalho e casas de pedras, além de belíssimas cachoeiras como: Cachoeira das Andorinhas e Cachoeira dos Funis

Em Mucugê - 2km de carro+ 6km de trilha
Nivel - Medio

2)Lago do Mar da Espanha e Cachoeira da Sibéria

Garimpo explorado por companhias de mineração estrangeiras. Devido a grande abundâncias de diamantes, principalmente nos caldeirões - grandes orifícios abertos nas rochas provocados pela erosão das águas, que acumulam centenas de diamantes. Essa abundância de diamantes fez com que esse lugar fosse comparado a Sibéria da Rússia Asiática. É um passeio belissímo, onde se pode desfrutar de um maravilhoso banho no Lago do Mar da Espanha e na Cachoeira da Sibéria.

Em Mucugê-6km de carro + 5 km de trilha

Nivel - Medio

3)Mirante do Vale do Paty e Cachoeirão por Cima

A trilha do vale do Paty, já é considerada uma das mais belas do mundo, em média, são cinco dias de caminhada, fazendo a travessia do Vale do Capão-Andaraí, ou vice-versa. O Vale fica localizado no Município de Mucugê, permitindo que esse passeio seja feito num período mais curto, à partir do Distrito de Guiné, é possível fazer esse passeio em apenas um dia.

Em Mucugê - 40km de carro+ 8km de Trilha
Nivel - Medio

4)Cachoeira das Três Barras e Cachoeira dos Cristais

Na serra do Capa-Bode, um dos locais mais altos da Serra do Sincorá, seguindo por um pequeno trecho da estrada real, localizado nos gerais da larga de dentro, estão duas lindas cachoeiras, que se separam por apenas 1 Km: Cachoeira das Três Barras a-1ª, e Cachoeira dos Cristais-a 2ª.

Em Mucugê-10km de Carro+ 8km de trilha
Nivel - Pesado

5)Trilha Mucugê Vila de Igatu

Ainda na serra do Capa-Bode, onde algum tempo atrás, numa antiga cascalheira foi registrada a presença de OVNIs, a partir deste ponto faz-se um belo passeio até a Vila de Igatú. Trata-se de uma antiga trilha, utilizada pelos tropeiros, no transporte de mantimentos, no lombo de animais, vendidos nas feiras livres da região.

Em Mucugê-10km de carro+ 6km de trilha

Nivel - Pesado

6) Cachoeira da Fumacinha por Cima

A trilha cachoeira da Fumacinha por Cima , já é considerada uma das mais belos Canio da Chapada Diamantina, fazendo aque esse passeio seja feito num período mais curto, à partir do Povoado de Campo Alegre né, é possível fazer esse passeio em apenas um dia.

Em Mucugê - 60 km de carro+ 6km de Trilha

Nivel - Medio


IMPORTANTE :Todas as trilhas e passeios serão feitos com GUIAS LOCAIS CREDENCIADOS!

NOTÍCIAS DO REFÚGIO NA SERRA ...

A POUSADA, SEUS HÓSPEDES, FINAIS de SEMANA e O CASCALHO - Bar e Restaurante do Refúgio na Serra.

Fique atualizado com o que acontece...

Mostrando postagens com marcador são joão 2013. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador são joão 2013. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 21 de junho de 2013

SÓ ALEGRIA & E MUITA PAZ !

Crianças brincando ...

Recepção de chegada 


O rango dos baixinhos

Almoço em família



Licor caseiro para os visitantes

Entrada da casa de pedra do Refúgio




Zé fazendo os drinks

Descontração nas varandas 

Filarmônica patrocinada pelo Réfugio .

sábado, 15 de junho de 2013

Já é S.João Cidade...acorda pra vê !!!

Licores...

...Sequilhos e Doces de Compotas...

...Zé Ruben degustando...

...Tudo isso as 5 horas da manhã, com muitos fogos...

...1ª Alvorada do São João de Mucugê...

...e hoje (15/06) foi de responsabilidade da Filarmônica,,,

...as praças, com bancos forrados e almofadas coloridas...

...as casas todas enfeitadas com cortinas de fuxico...

...a chegada da Filarmônica à Igreja de Sto.Antônio...

...indo para o café na sede da Filarmônica...

...caldo e farrofa, com um friozinho gostoso...

...todos servidos...

...preparando para festa, logo mais, a noite...

...MUITO BOMMMMM !!! VENHA CONHECER !

sexta-feira, 14 de junho de 2013

O caminho do S. João...MUCUGÊ !
A cidade se enfeitando para receber os visitantes...


SEXTA FEIRA, dia de Feira , cidade lotada de pessoas !
O melhor S.João para quem quer "arrastar o pé", pular fogueira, descansar , fazer passeios e trilhas. Tem programa pra todo mundo e todo o gosto!
A Pousada Refúgio na Serra se organizando para receber seus hospedes que começam a chegar no dia 20/06 !
No momento só temos disponibilidade da Cabana Externa Quintupla Solteirão com o Pacote de 20 a 25/06 no valor de R$ 3.600,00

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Mucugê celebra São João com muita festa - PROGRAMAÇÃO INTEGRAL

Tribuna da Bahia

por
Adriana Barbosa
Publicada em 07/06/2013 11:20:59
Foto: Flickr/Flavio de Queiroz
Festa de São João em Mucugê
O São João de Mucugê é famoso. A cidade, conhecida por sua história ligada ao garimpo, fica a 444 quilômetros de Salvador, na Chapada Diamantina, e já se enfeita para as festas juninas, com decoração típica, muitas barraquinhas de comidas e bebidas, além de diversas atrações musicais, como Cicinho de Assis, Jó Miranda, Baião de Dois, Hugo Luna, Zabumbaião, Forró do Miudinho e Chuchu Beleza. Os festejos acontecem de 15 a 24 de junho, na Praça dos Garimpeiros, que este ano terá como tema São João Tradicional de Mucugê.
Com a intenção de promover o resgate das comemorações juninas, a festa de Mucugê terá desfile de quadrilhas, alvoradas, teatro de cordel, gincanas promovidas pelas escolas, e ainda brincadeiras da época.
Mais informações sobre o São João de Mucugê, basta entrar em contato com a Prefeitura local pelo telefone: (75) 3338-2121/2143. Já as linhas do sistema intermunicipal de transporte podem ser consultadas no site da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba): http://www.agerba.ba.gov.br/transporte/index.asp.
Programação:
Sábado (15)
6h – Alvorada da Filarmônica 23 de dezembro
21 h – Quadrilha Maluca
22h – Forró dos Namorados / Rocinha
Tribalada e Vinny dos Teclados
Domingo (16)
6h – Alvorada da Câmara Municipal
21h30 – DJ Roberto
Segunda- feira (17)
6h – Alvorada da Secretaria Municipal da Educação
21h30 – DJ Roberto
Terça- feira (18)
6h – Alvorada da Prefeitura Municipal de Mucugê
16h – Teatro de Cordel – O Teatro das ruas
21h30 – André Oliveira
Quarta-feira (19)
6h. Alvorada da Agência Bancária de Mucugê
21h30- Karollayne dos Teclados
Quinta- feira (20)
6h – Alvorada da Secretaria Municipal da Saúde
13h – Gincana Junina das Escolas Reunidas Dr. Rodrigues Lima
21h30 – Zazá e Trio Araújo
Sexta- feira (21)
6h – Alvorada da Secretaria do Turismo, Comércio e Pousadas
16h – Quadrilha Mirim do Grupo Escolar Anatalino Pina Medrado
17h – Pau de Fitas do Grupo Escolar Anatalino Pina Medrado
18h30 – Quadrilha do Colégio Estadual Horácio Matos
21h – Quadrilha do Guiné
22h – Amantes do Forró
0h – Lucien Junior
2h – Forró Pega Leve
Sábado (22)
6h – Alvorada dos Produtores Rurais
15h – Forró dos Amigos
19h30 – Quadrilha do Colégio Estadual Horacio de Mattos
21h – Zabumbaião
23h – Chuchu Beleza
1h – Forró Trindade
3h – Bruninho do Acordeon
Domingo (23)
15h – Melatona Acoologica
21h – Baião de dois
23h – Jô Miranda
1h – Fabiana Santiago
3h – Forrozão no Miudinho
Segunda- feira (24)
19h30 – Banda Recomeçar (Atração católica)
21h – Armarias
21h30 – Hugo Luna
23h30 – Armarias
0h – Cicinho de Assis
2h – Tirana Seca

sexta-feira, 7 de junho de 2013

PROGRAMAÇÃO São João 2013 de Mucugê

                  


Do dia 15 ao dia 24 ocorrem as festas juninas em Mucugê, tanto a comunidade quanto o poder público tem feito um esforço muito grande para manter acesa a chama das tradições mantendo os festejos juninos na sua forma mais autêntica possível.
Somente são contratadas bandas de forró pé de serra, as fogueiras são acesas, os licores e biscoitos caseiros são degustados pela comunidade e visitantes, as alvoradas animadas pela centenária Filarmônica 23 de dezembro com as novenas de São João, as quadrilhas, as comidas típicas estão sendo preservadas.
É extremamente importante e necessário cuidar de nossas tradições e cultura. A participação da comunidade é muito forte o que tem garantido o sucesso da festa ao longo dos tempos, existe a preocupação em manter acesa a chama das tradições religiosas dando incentivo às novenas, alvoradas e procissões e também com a parte profana onde há a contratação de bandas e trios nordestinos que executam shows com o autêntico forró pé de serra proporcionando lazer e divertimento para s população local e visitantes.
As escolas associações e comunidade ensaiam e organizam as famosas quadrilhas juninas, os quebra potes, os paus de sebo, premiações são distribuídas para as casas mais ornamentadas, muitas iguarias da época são produzidas para venda aos visitantes, licores, doces, pamonhas, mingaus de milho, amendoim cozido etc.
As festas juninas são das mais importantes festas populares do município de Mucugê tanto do ponto de vista de importância cultural, quanto do ponto de vista econômico, pois é sem sombra de dúvidas a festividade que mais injeta recursos na economia do município, enfim São João em Mucugê é sinônimo de tradição, geração de emprego e distribuição de renda.
PROGRAMAÇÃO:
 
DIA 21 - BANDA LOCAL - LUCIEN JUNIOR - AMANTES DO FORRÓ - FORRÓ PEGA LEVE
DIA 22 - ZABUMBAIÃO - FORRÓ TRINDADE - CHUCHU BELEZA - BRUNINHO DO ACORDEON


DIA 23 - BAIÃO DE 2 - JÓ MIRANDA - FABIANA SANTIAGO - FORROZÃO NO MIUDINHO


DIA 24 - BANDA RECOMEÇAR - HUGO LUNA - CICINHO DE ASSIS - TIRANA SECA


No palco 3 SANFONEIROS ( A TARDE );

BANDAS LOCAIS;
BARRACAS TIPICAS
E MUITA ANIMAÇÃO E GENTE BONITA !

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Comentário no Blog rotas capixabas

02 jul 2011 - blog rotas capixabas
            
Esse post pertence à série “Outras Rotas” do “Rotas”. Nela, os nossos blogueiros fazem relatos de suas viagens fora do Espírito Santo. Se quiser conhecer mais sobre esses relatos, basta clicar na aba “Outras Rotas” ali no topo do site para ter acesso a todos os posts separados por destino.
Preciso ser sincero. Eu não me hospedei na Pousada Refúgio na Serra durante a minha estada em Mucugê. Na verdade, eu nunca tinha ouvido falar dessa pousada antes de chegar a Mucugê. Não vi relatos sobre ela na Internet e nem citação no Guia Quatro Rodas desse ano. Mas, ainda assim, eu a considero a melhor opção de hospedagem em Mucugê.
E eu explico o porquê!

Eu conheci a Pousada Refúgio na Serra completamente por acaso naquela esticadinha que dei em Mucugê antes de seguir viagem até Rio de Contas (leia aqui). Nós estávamos à procura de um lugar para almoçar quando lembramos de umas placas afixadas na rua principal da cidade que indicavam o Restaurante Cascalho. Nossa vontade de conhecer lugares novos nos levou até ele. Ainda bem!
O Restaurante Cascalho
Almoçar no Cascalho nos causou um mix de sentimentos contraditórios. Explico. Ficamos positivamente surpresos com o restaurante e, principalmente, com a pousada que funciona no mesmo local, a Refúgio na Serra, mas, ao mesmo tempo, com bastante remorso e frustração por não tê-los conhecido antes e, acima de tudo, por não termos nos hospedado ali no início da viagem. Mas para vocês entenderem o porquê dessa frustração e porque eu considero a Pousada Refúgio na Serra a melhor opção de hospedagem em Mucugê.
Para mim, a Refúgio na Serra foi uma daquelas gratas surpresas que, por obra de um destino meio invocado, vem quando elas já não são mais necessárias. Não haveria outra forma de expressar a sensação de descobrir uma pousada que possui exatamente aquilo que eu espero de uma pousada no mesmo lugar em que eu tive a experiência mais desastrosa da minha vida em termos de hospedagem.
Como eu disse acima, nós não passaríamos a noite em Mucugê. Estávamos apenas à procura de um lugar para almoçar. E, quando eu encontro esse lugar, eu percebo imediatamente o quanto fui burro: bastava eu perguntar ao primeiro transeunte que eu visse na rua para descobrir que, a poucos metros da Pousada Mucugê, mais precisamente, na rua de trás, havia uma alternativa bem mais aprazível para a nossa segunda noite de sono em Mucugê que compensaria todo o trabalho de arrumação da mala e tempo perdido.
Mas toda a minha frustração estará superada se eu conseguir convencer você, leitor do “Rotas”, a se hospedar na Pousada Refúgio na Serra quando for a Mucugê. E eu tenho certeza que, um dia, você vai a Mucugê!
A Refúgio na Serra é a típica pousadinha bacana. Pequenina, aconchegante, decorada com bom gosto e com quartos confortáveis. São apenas 6 quartos/cabanas, o que lhe garante total distância de excursões. Precisa falar mais alguma coisa?
Mas aí você me pergunta: se a Refúgio na Serra é isso tudo mesmo que você está falando porque é que você não a encontrou antes? Simples. É que a pousada foi inaugurada há pouco tempo e ainda não deu o ar de sua graça nos guias de 2011. Mas eu não tenho dúvida de que, em breve, ela será aclamada como a melhor pousada de Mucugê pelos guias mais autorizados (porque pelos menos autorizados, como o “Rotas”, ela já é!).
Mesmo que, por algum motivo que eu não imagino e nem quero saber, você não esteja hospedado na Refúgio na Serra, você pode conhecer a sua versão “aberta ao público” e almoçar ou jantar no Restaurante Cascalho, como eu fiz.
Junto com o “Point da Chapada” (veja aqui), o Cascalho compõe o lado mais gourmet de opções gastronômicas em Mucugê. Não que os itens do cardápio sejam propriamente sofisticados. O Cascalho serve, por exemplo, filé mignon à parmegiana, carne de sol e lombinho suíno. Mas o ambiente do lugar e o tempero da comida fogem um pouco do padrão caseiro dos estabelecimentos mais tradicionais da cidade, como o Restaurante da Dona Nena e o Sabor e Arte.
Nós, por exemplo, comemos uma porção de quibes (R$12,00) de entrada e um filé à parmeggiana (R$48,00) como prato principal. E não seria nenhum exagero dizer que esse foi um dos melhores filé à parmeggiana que comemos na vida! Nem tanto pelo prato, que estava bem gostoso, é fato. Mas muito mais por um detalhe pra lá de especial chamado José Ruben de Macêdo Almeida ou simplesmente Zé “Pelo Mundo”.
O Zé “Pelo Mundo” é o verdadeiro responsável pelo tal mix de sentimentos contraditórios que eu falei acima. Ele é o dono da Pousada Refúgio na Serra e, claro, do Restaurante Cascalho. Foi ele quem nos recebeu ali e fez questão de nos apresentar toda a sua propriedade, incluindo a sua belíssima casa. O Zé acabou fazendo um resumo da sua história e de como abandonou sua vida em Salvador e foi parar ali, em Mucugê. Descobrimos, inclusive, um ponto de contato: ele é muito amigo do pai de um amigo da irmã mais velha da minha esposa, a Gabriela. Deu pra entender? Amigo do pai de um amigo da minha cunhada (a propósito, vai aqui um beijo pra você, Gabi, pro Gui e para a minha afilhada, Julinha! Camilinha, não fica com ciúmes não! Um beijo para você e pro Zé também! Dudu, Nathinha, beijo! Chris, não esqueci de você, não! Beijo! Pai, mãe, Rodolpho, Edna, beijo pra vocês também! Enfim, família, beijo pra todo mundo que o rol é extenso! J). Eu sei que esse ponto de contato é beeeeeeeem longínquo mas foi suficiente para nos tornar ainda mais próximos.
Conversando não, ouvindo. Poucos minutos de contato com o Zé bastam para você se colocar na lucrativa posição de ouvinte. Sim, porque ouvir o Zé falar é uma experiência altamente rentável. Você ouve e instantaneamente ganha dicas de como viajar melhor, de como aproveitar melhor a sua viagem, de como valorizar os pequenos detalhes de uma viagem, de como perder o medo do desconhecido numa viagem, de como se abrir para o novo numa viagem, de como a vida é uma eterna viagem e, enfim, de quão importante é para nós uma viagem. O Zé é praticamente uma viagem em pessoa. Do alto de seu oitavo passaporte, ele já rodou o Brasil inteiro, quase toda a América do Sul, os Estados Unidos, o Japão, o Egito e muitos outros países, dos quais eu destaco, por ser absolutamente incomum, o Nepal.
Nós e o Zé "Pelo Mundo"
E, como se não bastasse a inspiração que o Zé nos dá para querer viajar sempre mais, ele ainda me deu dicas práticas de como seguir viagem até Rio de Contas e de qual caminho pegar para o meu retorno à Vitória. Dois conselhos que foram cruciais para eu dissipar as dúvidas que ainda tinha sobre o assunto.
Acho que, com esse “breve” resumo da nossa passagem pelo Restaurante Cascalho, eu consigo explicar porque o nosso filé à parmeggiana sagrou-se como um dos melhores filé à parmeggiana da nossa vida e também porque a Refúgio da Serra é a melhor opção de hospedagem em Mucugê. Resumindo o resumo: tudo por causa do Zé!

quinta-feira, 30 de maio de 2013

AQUI O SÃO JOÃO JÁ COMEÇOU !


GRANDE FESTA , VENHAM TODOS ...SÓ ALEGRIA !
ENCONTRO DE SANFONEIROS
LOCAL - LOCALIDADE DE CARAíBAS - MUCUGÊ
DATA: 01 DE JUNHO DE 2013

PROGRAMAÇÃO

A PARTIR DAS 20 HORAS - APRESENTAÇÃO DE SANFONEIROS
02:00HS - FESTA DANÇANTE COM O SHOW DE ED. ROSSI


quarta-feira, 22 de maio de 2013

CONVITE - Prefeitura Municipal de Mucugê, através da Secretaria de Turismo, Meio Ambiente e Cultura


A Prefeitura Municipal de Mucugê, através da Secretaria de Turismo, Meio Ambiente e Cultura convida toda a população (sede e zona rural) para a missa e Edificação do Mastro de São João, que acontecerá no próximo domingo, dia 26 de maio, a partir das 19:30 horas e sairá da Igreja de Santo Antonio sentido Igreja Matriz de Santa Isabel.
Logo após a solenidade cristã, haverá quermesse com Zazá e Trio Araújo e Vinny dos Teclados.
Aguardamos você lá!!!!!!!!!!

sexta-feira, 17 de maio de 2013

PARABÉNS MUCUGÊ POR MAIS UM ANO DE EXISTÊNCIA !



Mucugê oferece locais de rara beleza, como cachoeiras, paisagens, vales e canyons, histórias de lutas pela posse do garimpo, de defesa contra a invasão da Coluna Prestes e de destemidos coronéis que eram respeitados pelo poder e riqueza. A flora está repleta de espécies vegetais de rara beleza, como bromélias, canelas-de-ema, begônias, e as requisitadas orquídeas.
Outras atrações são as cachoeiras e cascatas, como Piabinha, Tiburtino, Andorinhas, Cardoso, Sibéria, além da atração imperdível oferecida pelo Poço Encantado e a Vila de Igatu. Uma interessante iniciativa é a implantação de uma reserva ecológica para preservação de espécies nativas numa área de 270 hectares.
A energia e paz que o local transmite aos visitantes fazem de Mucugê um conto de histórias e encantos naturais da chapada diamantina. Possui completa infra-estrutura de serviços como Banco do Brasil, hospital, posto médico, correio, telefone, aeroporto asfaltado com 1400 m de pistas, rodovias asfaltadas em todas as direções.

Arquitetura

Casario local do período fausto dos diamantes – Mucugê
Construções à base de pedra seca sem argamassa – Igatu- Habitações sob as rochas em locas e lapas.

Cachoeiras

Devido à topografia acidentada, é grande o número de cachoeiras com fácil acesso, como: Andorinhas, Cardoso, Mar de Espanha, Piabinha, Tiburtino, Sibéria, etc.

Andorinhas - convite irresistível a um delicioso banho em meio a flora exuberante e exótica

Cardoso - uma queda d’água com 15 metros de altura em local sossegado, ideal para o banho tranquilo e repousante

Mar de Espanha - ampla, aprazível e serena sobre o leito diamantífero

Piabinha - imponente nos períodos chuvosos, emoldura os contornos da reserva do Projeto Sempre Viva

Tiburtino - misto de cachoeira e lago de águas mansas para imersão na magia serena do lugar

Sibéria - ápice de um sonho ecológico. Cruzamento de rios que se juntam para levar a força das águas do Paraguassu a suportar o vapor de cachoeira até desaguar nas ilhas soltas da Baia de Todos os Santos e irrigar a Bahia de Todos os Deuses.

Caminhadas (trilhas)

Andar em direção às atrações se torna um deleite, por caminhos repletos de plantas e flores nativas, além de um visual deslumbrante .

Ecologia

Cenário ideal para qualquer programa em meio à natureza, seja flora ou fauna.

Grutas

A região oferece um sem número de grutas, para os gostos mais variados, seja para místicos, paleontólogos, geólogos, etc, seja para simples apreciadores da sábia escultura natural e constante. A grandiosidade deste cenário subterrâneo se apresenta nas dimensões da Gruta da Mangabeira (3.300m de extensão) e na magia do Poço Encantado (bem próximo ao hotel, por via asfaltada).
Gruta da Mangabeira com seus 3.300m de extensão, dos quais 800 iluminados, com estrutura de acesso e guias especializados.

Poço Azul, dentro de uma gruta que permite acesso para banhos de superfície, ideal para nadar e mergulhar. Devido à total transparência vê-se facilmente o fundo do poço com seus materiais fósseis.

Poço Encantado, dentro de uma gruta com 40 metros de profundidade, espetáculo de rara beleza produzido pelos raios de sol refletidos na água.

 

sexta-feira, 3 de maio de 2013

MUCUGÊ RECEBE VISITA DO GOVERNADOR COM INVESTIMENTOS PARA O TURISMO E AGRO PÓLO.

                                             
    Zé Ruben & Wagner papo informal

Revendo o amigo , Zé : " Não esqueça do turismo da Chapada Diamantina "