Olá,

Navegue no nosso blog e encontre o lugar certo, para curtir o que de melhor poderemos lhe oferecer na Chapada Diamantina, em Mucugê-Bahia-Brasil.

Onde?
No Refúgio na Serra...
Seja bem vindo!

Zé Pelo Mundo

UM POUCO DE HISTÓRIA - REFÚGIO NA SERRA

Lugar muito especial que surgiu na busca pela paz!

O seu proprietario, José Ruben de Macêdo Almeida, o conhecido Zé Pelo Mundo, viveu em várias partes do mundo, em grandes cidades e, ao completar 50 anos de idade, optou por morar em Mucuge, cidade serrana (a 1000 m), com clima médio anual de 19 graus e temperatura mínima no inverno de 8 graus, localizada na Chapada Diamantina/Bahia/Brasil, atraído pela beleza e energia das montanhas e cachoeiras aqui existentes.

Adquiriu um terreno, verdadeiro pomar: mangueiras,laranjeiras,tangerineiras,pessegueiras, ameixeira,macieiras, cafeeiros,limoeiros, bananeiras,uma jaqueira centenária e uma casa em ruinas, no Centro Historico de Mucugê,tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional-IPHAN.

Com muito cuidado,dedicação, carinho e sem pressa,Zé reformou a casa existente,decidindo dividir com o mundo os tesouros encontrados naquele lugar encantado,iniciando, em 2009, a construção de uma pequena Pousada, que leva o mesmo nome da sua casa, REFÚGIO NA SERRA, onde a hospedagem gostosa é garantida !

A Pousada tem 5 cabanas externas - 2 triplas, 1 dupla, 1 quintupla, 1 suite solteirão e interno com wc comum 2 quartos - 1 triplo e 1 duplo,totatizando 19 pax confortavelmente!

A forma e os detalhes como foi construída, fez surgir um verdadeiro oásis sensualista, todo inspirado para fazer parte das mais inesquecíveis memórias de todo hóspede que ali passar e cada detalhe será surpreendente!

ZÉ PELO MUNDO E O LAND ROVER DEFENDER 110

ZÉ PELO MUNDO E O LAND ROVER DEFENDER 110

Chapada Viva Adventure

Loading...

A MELHOR LOCALIZAÇÃO PARA SE HOSPEDAR NA CHAPADA DIAMANTINA !

A MELHOR LOCALIZAÇÃO PARA SE HOSPEDAR NA CHAPADA DIAMANTINA !

MUCUGÊ * CORAÇÃO DO PARQUE NACIONAL

A cidade tem clima de montanha, fica localizada bem ao centro do Parque Nacional da Chapada Diamantina, propiciando aos visitantes com pouco deslocamento visitar os principais atrativos , alem do que é tombada pelo IPHAN, com excelente infra estrutura de Bancos, Farmácias, Mercados, Pousadas, Hotéis, Restaurantes ,Pizzarias, Lanchonetes e Cafés !

Distância principais passeios/trilhas:

# 47 KM para o Poço Azul e Poço Encantado
# 21 KM para Iguatu.
# 08 KM para Projeto SEMPRE VIVA, Cachoeira Piabinha e Tiburtino.
# 110 KM Cachoeira Buracão.
# 12 KM Cachoeira Três Barras e Cristais.
# 45 KM Mirante Paty.
# 50 KM Cachoeira da Fumacinha.
# 05 KM Cachoeira da Sibéria

SOBRE A CIDADE...

SOBRE A CIDADE...
ORIGEM MUCUGÊ

Mucugê é o que podemos chamar de uma cidade privilegiada pela natureza. Situada a 1000 metros de altura do nível do mar, na Chapada Diamantina, é rodeada por serras, grutas, rios e cachoeiras que podem servir para a prática de canoagem e outras modalidades de esportes radicais.

Além da natureza, a cidade guarda um pouco da história, sempre tendo como pano de fundo o garimpo.

A região de Mucugê, que desde o início do século XIX era parcialmente ocupada por fazendeiros que mantinham criação de gado, foi a primeira a atrair os exploradores ávidos por novas jazidas de pedras preciosas.Diz a história oficial que o primeiro diamante da região foi encontrado em 25 de junho de 1844 por Cristiano Pereira do Nascimento, afilhado de José Pereira do Padro, ou "Cazuza do Prado", um grande coronel da região.

A pedra teria sido acidentalmente achada no leito do riacho das Cumbucas enquanto Cristiano lavava as mãos.

CANTOS, RECANTOS E ENCANTOS DO REFÚGIO NA SERRA...

Curta e Viaje nos detalhes do Refúgio na Serra: Canto de Meditação, Salão de Diversão Multiuso, Gruta de São José, placas com frases para reflexão, o Desabrochar de uma Rosa, e outras coisitas maisssss...


Canto de Meditação

Canto  de  Meditação
...frente à uma grande ROCHA...

Espaço de Diversão Multiuso

Espaço de Diversão Multiuso
...jogos, TV e Lojinha...

Gruta de São José...

Gruta de São José...
...trazendo PAZ e HARMONIA !

Plaquinhas reflexivas...

Plaquinhas reflexivas...
"A Alegria não está nas coisas, está em nós!"

Buda

Buda
...em meio ao jardim...

Mulheres de Cerâmica...

Mulheres de Cerâmica...
em meio às plantas!

VEJA NOSSOS PACOTES ROLANDO A TELA A DIREITA

PASSEIOS E TRILHAS REALIZADAS PELO CHAPADA VIVA ADVENTURE

1)Trilha do Garimpo

Trilha por onde os antigos garimpeiros fizeram a sua história, uns em busca da sobrevivência, outros em busca do sonho do enriquecimento fácil, um dos garimpos mais ricos da Chapada. Nesta trilha, é possível encontrar: pequenas barragens ou tanques, corredeiras de captação de água para lavar o cascalho e casas de pedras, além de belíssimas cachoeiras como: Cachoeira das Andorinhas e Cachoeira dos Funis

Em Mucugê - 2km de carro+ 6km de trilha
Nivel - Medio

2)Lago do Mar da Espanha e Cachoeira da Sibéria

Garimpo explorado por companhias de mineração estrangeiras. Devido a grande abundâncias de diamantes, principalmente nos caldeirões - grandes orifícios abertos nas rochas provocados pela erosão das águas, que acumulam centenas de diamantes. Essa abundância de diamantes fez com que esse lugar fosse comparado a Sibéria da Rússia Asiática. É um passeio belissímo, onde se pode desfrutar de um maravilhoso banho no Lago do Mar da Espanha e na Cachoeira da Sibéria.

Em Mucugê-6km de carro + 5 km de trilha

Nivel - Medio

3)Mirante do Vale do Paty e Cachoeirão por Cima

A trilha do vale do Paty, já é considerada uma das mais belas do mundo, em média, são cinco dias de caminhada, fazendo a travessia do Vale do Capão-Andaraí, ou vice-versa. O Vale fica localizado no Município de Mucugê, permitindo que esse passeio seja feito num período mais curto, à partir do Distrito de Guiné, é possível fazer esse passeio em apenas um dia.

Em Mucugê - 40km de carro+ 8km de Trilha
Nivel - Medio

4)Cachoeira das Três Barras e Cachoeira dos Cristais

Na serra do Capa-Bode, um dos locais mais altos da Serra do Sincorá, seguindo por um pequeno trecho da estrada real, localizado nos gerais da larga de dentro, estão duas lindas cachoeiras, que se separam por apenas 1 Km: Cachoeira das Três Barras a-1ª, e Cachoeira dos Cristais-a 2ª.

Em Mucugê-10km de Carro+ 8km de trilha
Nivel - Pesado

5)Trilha Mucugê Vila de Igatu

Ainda na serra do Capa-Bode, onde algum tempo atrás, numa antiga cascalheira foi registrada a presença de OVNIs, a partir deste ponto faz-se um belo passeio até a Vila de Igatú. Trata-se de uma antiga trilha, utilizada pelos tropeiros, no transporte de mantimentos, no lombo de animais, vendidos nas feiras livres da região.

Em Mucugê-10km de carro+ 6km de trilha

Nivel - Pesado

6) Cachoeira da Fumacinha por Cima

A trilha cachoeira da Fumacinha por Cima , já é considerada uma das mais belos Canio da Chapada Diamantina, fazendo aque esse passeio seja feito num período mais curto, à partir do Povoado de Campo Alegre né, é possível fazer esse passeio em apenas um dia.

Em Mucugê - 60 km de carro+ 6km de Trilha

Nivel - Medio


IMPORTANTE :Todas as trilhas e passeios serão feitos com GUIAS LOCAIS CREDENCIADOS !

NOTÍCIAS DO REFÚGIO NA SERRA ...

A POUSADA , SEUS HÓSPEDES, FINAIS de SEMANA e O CASCALHO -Bar e Restaurante do Refúgio na Serra.

Fique atualizado com o que acontece...

sexta-feira, 29 de maio de 2015

EXPERIMENTE UMA AVENTURA NO MAIOR PARQUE DE DIVERSÕES NATURAL DA BAHIA * CHAPADA DIAMANTINA




A PROVA

A Corrida do CT Gantuá de Corrida em Trilha é uma prova de corrida a pé com percurso demarcado que foi desenhado especialmente para passar pelas mais belas paisagens de Mucugê, o coração da Chapada Diamantina. É um desafio único que acontecerá nos mais variados terrenos que a natureza pode oferecer, como singletracks, travessias de rios, lajedos de pedras, estradões de terra, subidas e descidas de montanhas e passagem pelas ruas de pedras do Centro Histórico de Mucugê. A prova será disputada em três percursos: 5km, 11 km e 21 km. Vence o atleta que concluir o percurso no menor tempo.


COMO FUNCIONA A DISPUTA DA CORRIDA DO CT GANTUÁ

A Corrida do CT Gantuá possui sistema exclusivo de disputa em que os percursos são definidos por avanço progressivo. Com isso, dispensamos escolha prévia de percurso no momento da inscrição. O percurso que o atleta percorrerá durante a prova depende exclusivamente de sua performance.

A Corrida do CTG oferece três tipos de percursos: Light, o mais curto, que conta com lindas paisagens e é ideal para quem quer se divertir; Power, o percurso de tamanho médio, recheado de desafios, ideal para atletas que já possuem experiência e buscam superação pessoal; e o Mega Power, o percurso mais longo e difícil da competição, com grau elevado de dificuldade técnica e física, destinado aos atletas que buscam performance.

Todos os atletas largam no percurso Light e durante a prova têm a oportunidade de avançar nos percursos mais difíceis através de portais que dão acesso progressivo aos percursos maiores. Após largar e percorrer alguns quilômetros no percurso Light, o atleta chegará até o primeiro portal de acesso que dá entrada para o percurso Power. Os atletas que conseguirem ingressar no percurso Power mais à frente terão outro desafio. Em um determinado quilômetro deste percurso encontrarão o ponto de acesso ao Mega Power. A distância exata da quilometragem de cada ponto de acesso é informada no briefing da prova.

Os portais permanecem abertos através do sistema de porcentagem. 60% do total de inscritos da prova podem avançar para o percurso Power e 20% do total de inscritos da prova avançam para o Mega Power.

Os atletas que não se sentem aptos para avançar aos percursos maiores podem continuar nos percursos menores, mas precisam aguardar a abertura do percurso menor em área específica, sendo o percurso menor aberto assim que encerrada a quantidade de vagas do percurso superior, momento em que acontecerá uma relargada.

Com o modelo de disputa, a Gantuá garante uma distribuição mais justa dos atletas por percurso, em que competidores com nível físico e técnico similares disputarão entre si, fazendo a competição ficar emocionante do início ao fim em todos os percursos. Além disso, asseguramos o percurso ideal para o perfil de cada competidor, trazendo mais segurança ao atleta.


Ps. Os moradores de Mucugê tem 50% de desconto na inscrição para estimular a participação da população .


PROGRAMAÇÃO

2 de julho – Quinta-feira

14 às 17h - Programação adventure – atividades esportivas e passeios

* Jantar no restaurante CASCALHO


3 de julho – Sexta-feira

8 às 12h – Programação adventure – atividades esportivas e passeios

14 às 17h – Programação adventure – atividades esportivas e passeios

18h às 21h – Entrega dos kits. Local: Praça do Garimpo

20h – Briefing técnico. Local: Praça do Garimpo

* Jantar no restaurante CASCALHO


4 de julho – Sábado

9h – Largada. Local: Praça do Garimpo

10 às 12h – Chegada dos percursos 6km, 12km e 21km.

20h – Cerimônia de premiação. Local: Praça do Garimpo

* Jantar no restaurante CASCALHO




AQUI O MUNDO É FANTÁSTICO










domingo, 10 de maio de 2015

COMENTÁRIO DE HOSPEDE NO *TRIP ADVISOR BRASIL

pauloandrejr
http://e2.tacdn.com/img2/badges/badge_srreviewer.png
Colaborador Júnior
·         Membro do TripAdvisor desde 2010
·         De de Salvador, BA

 “Conforto, simplicidade, beleza e ASTRAL”
5 de 5 estrelasAvaliou 4 dias atrásNOVO
Quartos simples, mas bem confortáveis, em um jardim lindo, na mesma área onde fica a casa do dono da pousada. Ótimo cafe da manha, tudo muito limpo, funcionários simpaticíssimos. O proprietário, sempre presente, Zé Ruben, faz toda diferença. Conhece boa parte do mundo, tem assunto para alguns dias de conversa, e sabe muito sobre a região e seus encantos. Fui com crianças e foram não só muito bem vindos como tratados com muito carinho.
·         se hospedou em maio de 2015, viajou com a família

    5 de 5 estrelas    VEJA :    4 de 5 estrelas  


PARABÉNS A TODAS AS MÃES


sábado, 2 de maio de 2015

FÉRIAS COM SEGURANÇA



FÉRIAS COM SEGURANÇA
 Algumas dicas para quem pretende sair de férias e fazer ecoturismo. A natureza é bela, porém alguns cuidados devem ser tomados, pois seu ambiente apresenta vários graus de risco. Sabendo respeitá-la e respeitar a si próprio, com certeza suas férias serão inesquecíveis. Então, como preparar essa aventura com um mínimo de segurança?  Ao planejar sua viagem, procure se informar da topografia e do clima local e as formas de acionamento das equipes de socorro caso venha a precisar. Tudo garantido é só curtição! 
Mas seguem abaixo algumas dicas básicas.
1. Procure um lugar compatível com seu nível físico, muitas vezes vamos à procura de superação, sem sucesso. Portanto respeite seu limite.
2. Tenha sempre em mãos mapas da topografia local atualizado, plastificá-lo sempre é bom.
4. Procure guias locais credenciados experientes.
6. Procure saber se no local há sinal para telefonia celular ou pelo menos telefones de fácil acesso.
7. Verifique se há ajuda especializada numa emergência médica.
12. Procure levar uma boa bússola e, se possível, um GPS (e saiba usá-lo).
13. Procure conhecer o clima, topografia, animais característicos da região e a presença principalmente de doenças tropicais ou endêmicas peculiares do local. Dependendo dessas doenças, pode ser necessário você tomar vacinas.
15. Tenha sua vacinação contra Tétano em dia! Mas atenção tome a vacina bem antes da viagem, evitando assim os efeitos colaterais durante a viagem.
17. Evite beber água em poços, rios e lagos, na maioria das vezes trazem doenças. Tenha sempre sua garrafa com água.
18. Evite o mato, principalmente fechado.
19. Nos horários do nascer e pôr do sol procure usar mangas e calças compridas e repelentes.
20. Evite acampar ou ficar em proximidade de rios ou depósitos de lixo.
23. Prepare um cartão com seus dados, endereço, telefone, tipo sanguíneo, se tem alergias, convênio e telefone para contato, mantenha – o junto ao corpo. Não o coloque em mochilas.
24. Se leva uma vida sedentária, é hora de buscar uma academia e marcar uma consulta com seu médico.
25. Antes de cada aventura, faça alongamentos isso ajuda a proteger músculos e tendões.
30. Descanse e durma o melhor possível.  Se você tomar alguns “rebites” ou similares, o sono poderá diminuir por algumas horas. 
31. Cuide dos ferimentos e dores antes de dormir.
32. Faça uma alimentação leve, mas com qualidade, beba bastante líquido.
33. Cuide sempre dos ferimentos e da dor.
34. Use roupas confortáveis.
35. Nunca pule de cabeça em rios, cachoeiras. Seja prudente.
35. Informem-se quais são os perigos do local, como corredeiras, rios com sumidouros, rochas instáveis, animais peçonhentos e não peçonhentos e eventualmente até indígenas hostis.
36. Lembre-se: a prevenção é o melhor remédio.
37. Cobras, escorpiões e outros “bichos” são uma realidade. Botas macias,ou calçados especiais para trekking ou montanhismo são o ideal. Devem de preferência ter impermeabilidade, canos mais altos e solado grosso e firme.
38. Após picadas de cobras, não se deve entrar em pânico. Normalmente, o veneno, ao contrário do que se pensa, leva horas para trazer risco real de vida. A vítima deve ficar em repouso, não se deve garrotear o membro afetado nem cortar (ou chupar) o ferimento. Procure um hospital.
39. Nos acampamentos, mantenha fechada a barraca e evite restos de alimentos próximo dela.
40. Evite montar a barraca dentro do mato e próximo a margens de rios.
41. Evite fogo próximo da barraca.
42. Prefira os líquidos não excessivamente doces e não gasosos.
43. Evite comidas muito estranhas, principalmente preparadas na rua ou em restaurantes sujos.
44. Não subestime o sol e o calor. Suas ações são acumulativas e perigosas, podendo causar queimaduras, desidratações graves, insolação e/ou hipertermia.
45. Em locais com vento forte (mesmo o vento relativo de trechos de ciclismo) ou ambientes molhados como raffting, canoagem e natação, a ação do sol é menos percebida e surgem importantes queimaduras de pele que só são percebidas tardiamente.
46. Use, sob sol intenso, protetor solar, protetor labial, bonés e lenços para a parte posterior do pescoço.
47. Devem ser escolhidos protetores solares sem base oleosa ou gel, no sentido de não comprometer a sudorese, importante para a termo regulação. Devem ser aplicados de preferência na pele seca, que absorve componentes importantes presentes nos bons protetores. Seu efeito não é apenas de uma barreira física ao sol, mas também química.
48. Prefira roupas sejam de cor clara e de tecidos que permitam a transpiração.
49. Em situações de calor extremo, tente molhar constantemente o corpo.
50. Após horas de exercício sob sol forte, com o corpo extremamente quente, você pode ser atingido por uma chuva ou mesmo a água de rio ou mar. Dependendo da intensidade do exercício e do calor, a exposição súbita a esse contraste de temperaturas pode trazer um sensação de “mal-estar” importante, semelhante àquela que precede os estados gripais. Esse “choque térmico” costuma ser passageiro e não preocupante.
51. Mesmo em locais quentes, de madrugada costuma haver frio. Assim, não esqueça bons agasalhos.
52. Tenha também uma capa ou agasalho impermeável.
53. Em casos de frio intenso, evite ao máximo ficar com roupas molhadas, umidade ou andar na água. A perda de calor corporal será muito mais rápida e agressiva.
54. Diante de alguém com suspeita de hipotermia, faça o seguinte:
55. Afaste a pessoa do frio, isolando-o o melhor possível.
56. Seque-a o melhor possível, antes de agasalhá-la.
57. Ofereça-lhe alimentos e líquidos quentes.
58. Dê-lhe banhos quentes.
59. Aproxime-a de fontes de calor, como fogueira, radiação solar e lâmpadas.
60. Qualquer pequeno ferimento, como uma bolha na mão, uma pequena pedrinha na bota ou uma deformidade na palmilha podem ser inofensivos num percurso de 02 horas ou trechos curtos. Cuide precocemente deles, pois esses “pequenos desconfortos” podem gerar ferimentos importantes após dias de caminhada. Cuide também das suas unhas “encravadas”
61. Evite usar na viagem, pela primeira vez, aquela bota linda e novinha. Prefira aquela já amaciada
62. Em caso de tempestades, Afastem-se de árvores isoladas, estruturas metálicas, redes elétricas, construções pequenas de alvenaria.
63. Não fale ao telefone ou celular e disperse grupos de pessoas.
64. Evite roupas molhadas ou pisos úmidos.
65. O interior de carros é um lugar relativamente seguro (apesar do metal).
66. Afaste-se de motos, bikes e quadriciclos.
67. Dentro de barracas, afaste-se de estruturas metálicas externas e da cobertura molhada.
68. Evite proximidade de árvores isoladas em áreas abertas, alto de colinas e montanhas.
69. Cuidado com estruturas metálicas, por exemplo, em mochilas.
70. Saia imediatamente de piscinas, mar ou águas abertas. 
71. Procure sempre ficar facilmente localizável para os membros do grupo – não suma!
72. Respeite mesmo a natureza!
73. Procure ler a respeito de primeiro socorro.
74. Respeite a população local. Suas propriedades, seus costumes e principalmente sua curiosidade e privacidade!
75. Finalmente, lembre-se que você está no campo, floresta, montanha, rio ou mar. Em toda parte do planeta, várias e sábias civilizações, grupos humanos e tribos acreditaram e continuam acreditando que há entidades ou espíritos que povoam e governam esses ambientes da natureza. Peça licença para entrar e proteção para sair.
 O REFÚGIO NA SERRA te deseja uma Boa viagem!





sábado, 11 de abril de 2015

COMENTÁRIO DE HOSPEDE NO *TRIP ADVISOR BRASIL


Angela Leitão - Salvador, Ba.
“Tranquilidade em Mucugê”
4 de 5 estrelas * Avaliou 6 dias

"Ótimo ambiente! Lugar cheio de verde, aconchegante e o casal que pilota essa belezura tem um carinho especial com
 os hóspedes. Não espere luxo, espere paz: combina em tudo com a Chapada.
Não posso esquecer do café da manhã, arraza qualquer projeto de dieta, rss"

quarta-feira, 8 de abril de 2015

O Refúgio acolhe os participantes do Desafio Alto Paraguaçu de MTB em Setembro de 2015 em Mucugê







O Desafio Alto Paraguaçu de MTB chega a sua 3° edição e acontecerá no dia 27 de Setembro de 2015 em Mucugê, Chapada Diamantina, Bahia, O evento esportivo de Mountain Bike promete levar a Mucugê os atletas de vários estados do Brasil.
O evento tem a expectativa de atrair em média 150 atletas e contará com uma excelente infra-estruturar para atendê-los. A organização busca realizar um evento completo e, para isso, serão disponibilizados aos atletas cinco (05) pontos de hidratação, Jantar, Medalha de participação e KIT Atleta. Tudo isso pelo valor fixo da inscrição do atleta. O Desafio Alto Paraguaçu de MTB fará parte do Campeonato Baiano de Ciclismo.
O Desafio Alto Paraguaçu de MTB promete ser uma das etapas mais movimentadas do Campeonato Baiano de Ciclismo 2015. A prova possui dois percursos: PRO 74 km e SPORT 54 km: trechos técnicos, com single-tracks, downhill, subidas e descidas frenéticas vão mexer com sua adrenalina. A prova será realizada no estilo XCM e irá levar você para aonde anuamente acontece a maior ultra maratona de mountain bike da América Latina.

O reconhecimento da prova concretiza-se nesta edição sendo uma das mais importantes competições de Mountain Bike do Estado da Bahia, válida pelo ranking estadual e, de maneira inédita já no seu 2º ano, entra para o calendário estadual como prova homologada pela Federação Baiana de Ciclismo, válida pelo ranking estadual de XCM.

Para que o Desafio Alto Paraguaçu de MTB – Edição 2015 mantenha-se um modelo para os demais eventos dessa modalidade esportiva, mobilizamos uma Equipe de Organização de 30 pessoas, assumindo as funções inerentes à melhor estruturação da prova, dentre elas: Assessoria de Imprensa, Equipe Cenográfica, Equipe Medica, Fiscais de Prova, Fotógrafos registrando o que de melhor acontece durante o evento.

O Desafio Alto Paraguaçu de MTB, tem o patrocínio do Café Mucugê e como apoiadores oficiais: Naza Bike, Pousada Refúgio na Serra, Pousada Mucugê, Zanoello, Granola Tia Sonia, Photo Rum, Bahia Traning Camp, IronMids, LeoTraining, Pizzaria da Garagem e Point do Macarrão, realizada pela Calangos Adventure e supervisionada pela Federação Baiana de Ciclismo.  

Acreditar em eventos como este, é contribuir com a formação de um bem social através do esporte e promover o uso sustentável do meio ambiente que é o palco dos nossos atletas, trazendo ganhos significativos para cidade de Mucugê, tanto sociais quanto ambientais.

VENHA & PARTICIPE 

quinta-feira, 5 de março de 2015

UM POUCO DO REFÚGIO NA SERRA

Logo da Pousada 

Restaurante Cascalho 

Varandas das cabanas

cabana  dupla 

Vista aérea 

Land Rover de apoio

Sala 

Lojinha 

Varanda das cabanas triplas 

Varandas com rede 

Cabanas triplas 

Bar do Cascalho

Caminhos 

Bar do Cascalho à noite

Café da manhã

Suíte solteirão

Entrada do Cascalho

Quarto interno duplo 

Restaurante Cascalho

Sala interna 

Sala interna

Quarto triplo interno

Sala de banho

Quarto interno duplo 

Cabana suíte dupla 

Quarto duplo

Quarto triplo

Circulação das cabanas 


Jardim do Refúgio