Olá,

Navegue no nosso blog e encontre o lugar certo, para curtir o que de melhor poderemos lhe oferecer na Chapada Diamantina, em Mucugê-Bahia-Brasil.

Onde?
No Refúgio na Serra...

Seja bem vindo!


UM POUCO DE HISTÓRIA

REFÚGIO NA SERRA


Lugar muito especial que surgiu na busca pela paz!



O seu proprietário, José Ruben de Macêdo Almeida, o conhecido Zé Pelo Mundo, viveu em várias partes do mundo, em grandes cidades, ao completar 50 anos de idade, optou por morar em Mucugê, cidade serrana (a 1000 m), com clima médio anual de 19 graus e temperatura mínima no inverno de 8 graus, localizada na Chapada Diamantina - Bahia - Brasil, atraído pela beleza e energia das montanhas e cachoeiras aqui existentes.

Adquiriu um terreno, verdadeiro pomar: mangueiras, laranjeiras, tangerineiras, pessegueiros, nêsperas, macieiras, cafeeiros, limoeiros, bananeiras, uma jaqueira centenária e uma casa em
ruínas, no centro Histórico de Mucugê, tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional-IPHAN.

Com muito cuidado, dedicação, carinho e sem pressa, Zé reformou a casa existente, decidindo dividir com o mundo os tesouros encontrados naquele lugar encantado, iniciando, em 2009 a construção de uma pequena Pousada, que leva o mesmo nome da sua casa, REFÚGIO NA SERRA, onde a hospedagem gostosa é garantida!

A Pousada tem cinco cabanas externas - duas triplas, uma dupla, uma quíntupla, uma suíte solteirão e dois quartos internos com wc comum, sendo um triplo e um duplo, totalizando dezenove pax confortáveis.

A forma e os detalhes como foi construída, fez surgir um verdadeiro oásis sensualista, todo inspirado para fazer parte das mais inesquecíveis memórias de todo hóspede que ali passar e cada detalhe será surpreendente!

CONHEÇA VIRTUALMENTE O REFÚGIO NA SERRA!

MELHOR LOCALIZAÇÃO PARA SE HOSPEDAR NA CHAPADA DIAMANTINA !

MELHOR LOCALIZAÇÃO PARA SE HOSPEDAR NA CHAPADA DIAMANTINA !

MUCUGÊ * CORAÇÃO DO PARQUE NACIONAL

A cidade tem clima de montanha, fica localizada bem ao centro do Parque Nacional da Chapada Diamantina, propiciando aos visitantes com pouco deslocamento visitar os principais atrativos , além do que, é tombada pelo IPHAN, com excelente infra estrutura de Bancos, Farmácias, Mercados, Pousadas, Hotéis, Restaurantes, Pizzarias, Lanchonetes e Cafés !

Distância principais passeios/trilhas:

# 47 KM para o Poço Azul e Poço Encantado
# 21 KM para Iguatu.
# 08 KM para Projeto SEMPRE VIVA, Cachoeira Piabinha e Tiburtino.
# 110 KM Cachoeira Buracão.
# 12 KM Cachoeira Três Barras e Cristais.
# 45 KM Mirante Paty.
# 50 KM Cachoeira da Fumacinha.
# 05 KM Cachoeira da Sibéria

SOBRE A CIDADE...

SOBRE A CIDADE...
ORIGEM MUCUGÊ

Mucugê é o que podemos chamar de uma cidade privilegiada pela natureza. Situada a 1000 metros de altura do nível do mar, na Chapada Diamantina, é rodeada por serras, grutas, rios e cachoeiras que podem servir para a prática de canoagem e outras modalidades de esportes radicais.

Além da natureza, a cidade guarda um pouco da história, sempre tendo como pano de fundo o garimpo.

A região de Mucugê, que desde o início do século XIX era parcialmente ocupada por fazendeiros que mantinham criação de gado, foi a primeira a atrair os exploradores ávidos por novas jazidas de pedras preciosas. Diz a história oficial que o primeiro diamante da região foi encontrado em 25 de junho de 1844 por Cristiano Pereira do Nascimento, afilhado de José Pereira do Padro, ou "Cazuza do Prado", um grande coronel da região.

A pedra teria sido acidentalmente achada no leito do riacho das Cumbucas enquanto Cristiano lavava as mãos.

CANTOS, RECANTOS E ENCANTOS DO REFÚGIO NA SERRA...

Curta e Viaje nos detalhes do Refúgio na Serra: Canto de Meditação, Salão de Diversão Multiuso, Gruta de São José, placas com frases para reflexão, o Desabrochar de uma Rosa, e outras coisitas maisssss...


Canto de Meditação

Canto  de  Meditação
...frente à uma grande ROCHA...

Espaço de Diversão Multiuso

Espaço de Diversão Multiuso
...jogos, TV e Lojinha...

Gruta de São José...

Gruta de São José...
...trazendo PAZ e HARMONIA !

Plaquinhas reflexivas...

Plaquinhas reflexivas...
"A Alegria não está nas coisas, está em nós!"

Buda

Buda
...em meio ao jardim...

Mulheres de Cerâmica...

Mulheres de Cerâmica...
em meio às plantas!

VEJA NOSSOS PACOTES ROLANDO A TELA A DIREITA

PASSEIOS E TRILHAS REALIZADAS PELO CHAPADA VIVA ADVENTURE

1)Trilha do Garimpo

Trilha por onde os antigos garimpeiros fizeram a sua história, uns em busca da sobrevivência, outros em busca do sonho do enriquecimento fácil, um dos garimpos mais ricos da Chapada. Nesta trilha, é possível encontrar: pequenas barragens ou tanques, corredeiras de captação de água para lavar o cascalho e casas de pedras, além de belíssimas cachoeiras como: Cachoeira das Andorinhas e Cachoeira dos Funis

Em Mucugê - 2km de carro+ 6km de trilha
Nivel - Medio

2)Lago do Mar da Espanha e Cachoeira da Sibéria

Garimpo explorado por companhias de mineração estrangeiras. Devido a grande abundâncias de diamantes, principalmente nos caldeirões - grandes orifícios abertos nas rochas provocados pela erosão das águas, que acumulam centenas de diamantes. Essa abundância de diamantes fez com que esse lugar fosse comparado a Sibéria da Rússia Asiática. É um passeio belissímo, onde se pode desfrutar de um maravilhoso banho no Lago do Mar da Espanha e na Cachoeira da Sibéria.

Em Mucugê-6km de carro + 5 km de trilha

Nivel - Medio

3)Mirante do Vale do Paty e Cachoeirão por Cima

A trilha do vale do Paty, já é considerada uma das mais belas do mundo, em média, são cinco dias de caminhada, fazendo a travessia do Vale do Capão-Andaraí, ou vice-versa. O Vale fica localizado no Município de Mucugê, permitindo que esse passeio seja feito num período mais curto, à partir do Distrito de Guiné, é possível fazer esse passeio em apenas um dia.

Em Mucugê - 40km de carro+ 8km de Trilha
Nivel - Medio

4)Cachoeira das Três Barras e Cachoeira dos Cristais

Na serra do Capa-Bode, um dos locais mais altos da Serra do Sincorá, seguindo por um pequeno trecho da estrada real, localizado nos gerais da larga de dentro, estão duas lindas cachoeiras, que se separam por apenas 1 Km: Cachoeira das Três Barras a-1ª, e Cachoeira dos Cristais-a 2ª.

Em Mucugê-10km de Carro+ 8km de trilha
Nivel - Pesado

5)Trilha Mucugê Vila de Igatu

Ainda na serra do Capa-Bode, onde algum tempo atrás, numa antiga cascalheira foi registrada a presença de OVNIs, a partir deste ponto faz-se um belo passeio até a Vila de Igatú. Trata-se de uma antiga trilha, utilizada pelos tropeiros, no transporte de mantimentos, no lombo de animais, vendidos nas feiras livres da região.

Em Mucugê-10km de carro+ 6km de trilha

Nivel - Pesado

6) Cachoeira da Fumacinha por Cima

A trilha cachoeira da Fumacinha por Cima , já é considerada uma das mais belos Canio da Chapada Diamantina, fazendo aque esse passeio seja feito num período mais curto, à partir do Povoado de Campo Alegre né, é possível fazer esse passeio em apenas um dia.

Em Mucugê - 60 km de carro+ 6km de Trilha

Nivel - Medio


IMPORTANTE :Todas as trilhas e passeios serão feitos com GUIAS LOCAIS CREDENCIADOS!

NOTÍCIAS DO REFÚGIO NA SERRA ...

A POUSADA, SEUS HÓSPEDES, FINAIS de SEMANA e O CASCALHO - Bar e Restaurante do Refúgio na Serra.

Fique atualizado com o que acontece...

Mostrando postagens com marcador alcides lisboa. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador alcides lisboa. Mostrar todas as postagens

domingo, 15 de julho de 2012

VOZES NA CHAPADA 2012



Vozes na Chapada

11 MAIO 2012 
O “Festival Vozes na Chapada” teve sua primeira em edição em 2009, desde então, sem nenhum cunho competitivo, e ao longo desses quatro anos tem proporcionado à região um evento cultural regular que interage com a grandeza do complexo histórico-geológico do Parque Nacional da Chapada Diamantina.
O festival será realizado no período de 2 a 4 de agosto de 2012, na cidade de Mucugê-Ba, com concertos na Câmara Municipal de Mucugê, na Igreja Matriz Santa Isabel e na Praça dos Garimpeiros.
Além das apresentações oficiais, o evento contará com exibições paralelas e atividades eco-culturais no sítio ecológico do Projeto Sempre Viva, excursões geo-ecológicas pela região do Parque Nacional, oficinas de técnica vocal especializada, roteiro turístico-cultural, noite de Queijos e Vinhos e no último dia do festival a passeata dos cantores com a Filarmônica de Mucugê , quando acontecerá o grande concerto de encerramento do Festival Vozes da Chapada – descreve Ângela Pina (52) diretora administrativa e financeira do Festival.
O Maestro Magno Aguiar (51) que rege o Coral Irdeb, participou da primeira edição do Festival – “ É um acontecimento inexplicável, o canto se integra não só com o urbano mas com tudo que a natureza pode nos proporcionar. A beleza e exuberância da Chapada Diamantina tem o encanto de oferecer essa harmonização”.
Esta 4º edição do Festival, terá a participação de corais de Maceió, Aracajú, Equador, Salvador e demais cidade do interior da Bahia. Treze corais, mais de 400 vozes, estarão numa sinfônica harmonia com o viço da natureza.
O canto coral surgiu entre os séculos VII e VIII, mas só atingiu o seu apogeu no século XIII. No século XIX, o canto coral passa a ser disciplina obrigatória nas escolas de Paris. Hoje esse canto se espalha por todo o planeta, em encontros, festivais e em tantos outros eventos.
Praça dos Garimpeiros (Mucugê-Ba) foto
Fonte : Folha Salvador

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

ENCONTRO DE CORAIS - VOZES NA CHAPADA 2010

Pela segunda vez consecutiva, está acontecendo na pequena cidade de Mucugê, situada na Chapada Diamantina, a 441 km de Salvador, o segunda edição do Festival de Corais Vozes na Chapada - 2010. De 11 a 15 de agosto,  corais baianos farão apresentações gratuitas em praças e parque da cidade. Na Bahia, este é um projeto pioneiro que tem como principal objetivo levar a cultura do canto de corais à população do interior baiano. O evento é uma realização da Terra Verde Turismo e conta com apoio da Petrobrás, Prefeitura Municipal de Mucugê, SEBRAE e Governo do Estado. A ideia de promover um evento que celebrasse o encontro de corais surgiu do professor Carlos Alberto Pereira. “Depois de participar de diversos festivais pelo Brasil, pensei: por que a Bahia, um dos maiores seleiros musicais do País, não tem seu próprio festival de corais?”, conta o diretor técnico. O projeto ganhou forma pelas mãos do maestro Alcides Lisboa (direção artística) e de Ângela Pina (direção operacional), que decidiram organizar um festival que mostrasse a beleza dos corais ao público baiano tendo as belezas da Chapada Diamantina como cenário. “O festival é um sonho antigo. Diversos estados brasileiros realizam esse tipo de evento ao longo do ano, menos a Bahia. O Vozes na Chapada veio preencher essa lacuna agregando ainda roteiros eco culturais e geológicos”, explica o maestro Alcides.
O Refúgio na Serra , alojando calorosamente coralistas e visitantes, abre também, durante esse período, as portas do Cascalho - Bar e Restaurante do Refúgio, para café da manhã, almoço, jantar , petiscos, drinks e um bom vinho !
Sejam bem vindos...
Zé Ruben